BOCAS DEL TORO

Entre as casas coloridas de Bocas Town – construídas em palafitas sobre o mar – viajantes seguem despreocupados em busca da próxima praia. Todos olham para o céu aguardando ansiosamente pela aparição do sol entre as nuvens, que tanto insistem em encobrir a região. O tempo, quase sempre nublado, não é suficiente para espantar surfistas em buscas das melhores ondas do Panamá e muito menos os apaixonados pelo colorido mar do Caribe. Basta o sol abrir para que toda a beleza das ilhas se revele por completo. Entre passeios de barco, mergulhos em águas cristalinas e ilhas com mata virgem, você facilmente se encantará por Bocas del Toro.

O que fazer em Bocas del Toro

Os viajantes que procuram Bocas del Toro estão quase sempre em busca de praia, sejam eles surfistas ou apenas amantes do mar do Caribe. Será difícil escapar do circuito que envolve percorrer várias ilhas e conhecer diferentes porções de areia no arquipélago. Afinal, não há mal nenhum em passar alguns dias circulando por praias belíssimas. Por isso, prepare o protetor solar e a capa de chuva. É hora de encarar o clima maluco de Bocas del Toro para conhecer um pouco mais deste vibrante destino.

Bahía de los Delfines

Bocas del Toro presenteia os turistas com um incrível espetáculo da natureza. Não estamos falando das praias ou do mar do Caribe, mas sim dos golfinhos que vivem na região. As famílias desses divertidos animais encantam os visitantes com seus espetáculos acrobáticos em meio aos manguezais da Isla San Cristóbal. Eles podem surgir a qualquer momento durante os passeios de barco. Um lugar especial, no entanto, oferece a certeza de vê-los todos os dias: a Bahía de los Delfines.

Boca Del Drago

Boca del Drago é uma pequena praia localizada na Isla Colón, extremo oposto a Bocas Town. O lugar em si tem mais fama do que beleza. A praia é bem pequenina e quase sem areia, com o único atrativo de sediar um bom restaurante de frutos do mar. Boca del Drago, no entanto, é ponto de partida para chegar à bela Playa Estrella e também à Isla Pajáros. O percurso é realizado especialmente pelos turistas que não desejam contratar um tour de barco para fazer o mesmo roteiro.

Cayo Coral

A pequena ilha de Cayo Coral atrai os turistas pelo belo visual subaquático. Em um rápido mergulho pelas águas rodeadas de mangues será possível ver uma grande quantidade de corais e peixes. A ilha é parada obrigatória nos passeios que levam até Cayo Zapatilla. Os tours normalmente param por meia hora para a prática de snorkeling e algumas empresas oferecem também pranchas para deepboard. A prática é recente e o esporte funciona como uma espécie de mergulho motorizado. Você será puxado pelo barco através de uma corda amarrada na prancha transparente. Essa prancha tem um design que permite direcioná-la até o fundo, facilitando assim a visualização dos corais. É divertido e realmente auxilia na hora de curtir o visual do mar.

Quando ir a Bocas del Toro

Considere ficar em Bocas del Toro um pouco mais do que o planejado inicialmente. O clima por lá não é dos melhores e pode ser que você pegue uma sequência de dias intermináveis de chuva. Para não sair de Bocas com a sensação de azarado, pense seriamente na possibilidade de permanecer alguns dias extras ou tenha planos guardados na manga para mudar a data da viagem de volta e tentar ver o sol por mais alguns dias.

Dicas de Bocas del Toro

Geral

A língua oficial no Panamá é o espanhol. Em Bocas del Toro muitos prestadores de serviço falam inglês, porém os nativos preferem falar espanhol, ainda que muitos deles saibam a língua inglesa.
O padrão de voltagem no Panamá é 110V e a tomada é de dois pinos retos e paralelos. Caso o seu aparelho tenha tomada no padrão brasileiro, lembre-se de levar um adaptador. Cuidado na hora de ligar os eletrônicos na tomada, eles podem ter a voltagem diferente.
O fuso horário no Panamá é duas horas a menos que o horário de Brasília (GMT-5).

Dinheiro

A moeda oficial no Panamá é o Balboa, mas na prática o que circula é o dólar americano.
Em Bocas del Toro há apenas um banco, próximo ao aeroporto. A maioria dos hotéis e restaurantes aceita cartão de crédito, porém nem todos. Empresas de passeio costumam não aceitar cartão, por isso tenha sempre valores em espécie. Alguns estabelecimentos cobram uma taxa extra pelo pagamento no cartão, ou aceitam apenas a partir de um determinado valor.

Documentação 

Brasileiros não precisam de visto para entrar no Panamá. Todavia o passaporte deve ter validade mínima de seis meses para entrada no país.
Para alugar um ATV em Bocas del Toro será necessário apresentar a carteira de habilitação.

Telefonia e internet

Fique atento ao uso do pacote de dados do Brasil no exterior, ele pode custar uma fortuna. Sendo assim, a melhor opção é desativar todas as funções de dados do seu telefone e usar apenas o wi-fi ou chip do exterior.
Caso pretenda usar muito a internet ou sistema GPS, é aconselhável adquirir um chip local. A telefonia no Panamá é extremamente barata, certamente sairá mais em conta do que usar os pacotes de dados brasileiros.
No aeroporto de Tocumen é possível comprar chip em máquinas.
Em Bocas del Toro é possível encontrar sinal de Wi-Fi em vários restaurantes e muitos hotéis. O sinal de celular não funciona em ilhas mais afastadas de Colón.

Saúde

Nunca viaje para o exterior sem um plano de saúde internacional. Infelizmente, nem tudo em uma viagem é possível de ser previsto.
Em Bocas del Toro há uma grande farmácia, porém, caso faça uso de qualquer remédio contínuo, leve na bagagem com você. Leve também outros medicamentos que possam ser necessários nos dias de estada.
Lembre-se de levar um repelente. A vacina da febre amarela é altamente recomendável para quem vai ao Panamá, no entanto ela não é obrigatória.
A água da torneira em Bocas del Toro não é potável. Por isso, só consuma água se for mineral e evite bebidas com gelo.
Não se esqueça de jeito nenhum de usar protetor solar. Se o tempo ajudar, você passará boa parte da viagem debaixo de sol.

Vestuário

Bocas del Toro tem um ambiente extremamente descontraído. Não será necessário nenhum tipo de roupa formal.
Mesmo com clima constantemente quente, lembre-se de levar um casaco leve para passeios de barco e também para usar durante a noite.
Lembre-se de levar uma capa de chuva, ela poderá ser muito útil enquanto estiver em Bocas.

 

Fonte: http://guia.melhoresdestinos.com.br/bocas-del-toro-171-c.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado