Hotel histórico no Egito é reaberto após reforma de R$ 300 mi

O histórico Al Alamein Hotel, no Egito, foi oficialmente reaberto depois de uma grande reforma feita pelo Emaar Hospitality Group, avaliada em 1,5 bilhão de libras egípcias (algo em torno de R$ 315 milhões), tornando-o um dos principais resorts do Mediterrâneo.

Situado na pitoresca Baía de Sidi Abdel Rahman, o empreendimento ainda remonta um estilo arquitetônico da década de 1960, momento em que o resort foi aberto pela primeira vez.

“A reforma do Al Alamein Hotel é um exemplo da nossa determinação em oferecer um hotel que esteja em pé de igualdade, ou melhor, superior a resorts de classe mundial”, afirmou o presidente da Emaar, Mohamed Alabbar.

Ainda de acordo com o executivo, o grupo se esforçou em manter o estilo tradicional do empreendimento, porém não deixando de lado a necessidade de incluir os mais altos padrões tecnológico e de serviços.

O Al Alamein Hotel faz parte de uma comunidade residencial e turística que a Emaar tem desenvolvido na região de Marassi.

 

Fonte: Panrotas