‘Cidadezinhas’ e veganismo: tendências de viagem em 2018

Viajar já deixou de ser aquela experiência de apenas reservar um pacote com todo o roteiro definido. Um relatório lançado pela rede social Pinterest prova que os viajantes querem cada vez mais exclusividade.

Com base em mais de quatro bilhões de dados, a empresa, cujo público-alvo são as gerações Y e Z, apontou tendências para 2018 com bases nos pins, ou marcações, em publicações feitas no site.

A primeira delas é aproveitar os feriados prolongados (+167%) para conhecer destinos dentro e fora do Brasil. Há também quem tenha maior interesse em conhecer uma cidade ou outra durante as escalas (+90%), uma oportunidade oferecida, por exemplo, em stopovers de um a cinco dias por companhias aéreas.

A independência do usuário do Pinterest também é visada, com um crescimento de 593% em relação ao ano passado, não sendo necessário esperar por família ou amigos. Eles buscam também cidades pequenas (+94%) e lugares secretos (+83%), deixando os grandes centros um pouco de lado.

A preocupação ambiental é parte vital do público da rede social. Além da vivência local, eles têm interesse em se hospedagem em hotéis ecologicamente conscientes (+125%). Essa conscientização também passa pela alimentação, com buscas de guias de restaurantes vegetarianos (+218%) e veganos (+183%), ou seja, querem apreciar a culinária local com um toque diferenciado.

Muito além de fazer tours em ônibus de dois andares, o viajante do Pinterest quer viver como local ao andar de bicicleta (+142%) e aulas de surfe (+260%). Isso mostra uma preocupação por juntar o exercício físico com o “escape” para um novo território.

Por fim, atividades como workshop de fotografia de comida (+207%) e tour de arte (+84%) mostram uma combinação de atualizar as redes sociais com os melhores cliques e imergir na cultura de uma cidade.

 

Fonte: Panrotas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado