Brasil e Estados Unidos assinam acordo de céus abertos

O presidente Michel Temer assinou ontem (26) um decreto no qual promulgou o acordo de céus abertos entre Brasil Estados Unidos. O encontro foi realizado com a presença do vice-presidente norte-americano, Mike Pence. O Diário Oficial da União de hoje já conta com a publicação do pacto.

O embate entre o acordo, que torna ilimitado o número de voos entre ambos os destinos, era discutido há cerca de duas décadas. O compromisso, no entanto, foi firmado em 2011, durante a gestão de Dilma Rousseff e Barack Obama.

Após anos na gaveta, a parceria internacional foi aprovada em março pelo Senado. A assinatura de ambos os presidentes faz com que as alianças entre companhias aéreas brasileiras e estadunidenses se estreitem.

A Latam Airlines busca firmar um joint business agreement (JBA) com a American Airlines, assim como a Azul tem a intenção de concretizar um joint venture com a United Airlines. A Gol e a Delta Air Lines mantêm uma aliança estratégica que pode ser ampliada.

Com a vigência, o Grupo Latam celebrou a assinatura dos céus abertos. “Este tipo de acordo segue se consolidando na região e trará benefícios que já são usufruídos por muitos passageiros no mundo, incluindo mais destinos, mais frequências e melhores tarifa”, destacou o diretor executivo Enrique Cueto.

A implementação do acordo internacional é um pré-requisito para que o Departamento de Transporte dos Estados Unidos possa avaliar e aprovar a parceria entre as empresas brasileiras e estadunidenses, como no caso da Latam e da American.

À parte dos céus abertos, Brasil e Estados Unidos discutem uma aproximação entre a Agência Espacial Brasileira (EAB) e a Nasa para tornar viáveis projetos entre ambas as organizações tecnológicas.

 

Fonte: Panrotas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado