Jackson Hole investe US$ 10 milhões na temporada

O Jackson Hole Mountain Resort (JHMR) não se cansa de investir em melhorias para se tornar uma das estações de esqui mais desejadas dos Estados Unidos. Localizado no estado de Wyoming, entre o Colorado e Montana, JHMR já investiu mais de US$ 100 milhões nos últimos dez anos, dos quais US$ 10 milhões nesta temporada, que começou na última semana e segue até final de abril / início de maio.

Entre as novidades desde ano estão a inauguração do novo teleférico Teton e novos restaurantes, com destaque para o Pistê Mountain Bistro, localizado no alto da Bridger Gondola. O bistrô está aberto para almoço e jantar e pode ser usado no intervalo do esqui. A abertura deste novo espaço está marcada para a próxima terça-feira (22/12) e terá capacidade para 150 pessoas. Todos estes investimentos fazem parte da celebração dos 50 anos do Jackson Hole Mountain Resort, comemorados no último sábado (19/12) com uma queima de fogos de aproximadamente dez minutos do pé da montanha. A celebração marcou também o início do Natal na estação com a chegada do Papai Noel, que desceu a montanha na gôndola.

Para vivenciar todas essas novidades, o JHMR, em parceria com a United Airlines, convidou 15 profissionais (operadores, executivos da United e jornalistas) para conhecerem in loco o que tem de novo na estação. Fazem parte da viagem Ana Biagioni (Monções), Karla Haimenis (AIT Operadora), Frederico Levy (Interpoint), Danielle Felix (Levitatur), Guilherme Burti (Live Travel), Felipe Vargas (Snow Travel), Mariana Sanomiya (Ski Brasil), Ligia Maas (Primetour), Filipe Ito (Teresa Perez), Luis Camelo (United), Viviane Silva (United) e Adriana Boischio (representante do destino no Brasil).

Teleférico

Uma das novidades mais aguardadas pelos esquiadores nos últimos três anos (quando teve início o planejamento e construção), o teleférico Teton é mais do que mais um lift. O aparelho marca a abertura de uma área da montanha até então inutilizada para a prática de esqui e snowboard. Essa é a primeira expansão de novas áreas desde 1998, quando foi aberta a Bridger Gondola.

O teleférico sobe por 500 metros e tem capacidade de levar até 2.000 esquiadores por hora – sobem até quatro na mesma cadeira. Três novas pistas saem do pico do teleférico: o Wide Open, Kemmerer Run e Crags Run.

Referências:

http://goo.gl/H62P0n

http://goo.gl/ZkV2ZF

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado