Esqui, golfe, festa da uva e alcachofra: conheça atrações de São Roque (SP)

Distante apenas 60 km da capital paulista, São Roque atrai turistas para viagens de fim de semana ou até um “bate-volta”: os populares passeios de um dia só. Com clima de tranquilidade, plantações de uva e Mata Atlântica nativa, a cidade é uma opção para relaxar e fugir da correria.

Anualmente, no mês de outubro, acontece por lá a Expo São Roque: a tradicional festa da cidade, em celebração às alcachofras e aos vinhos, produtos típicos locais. Mas o destino turístico ainda guarda outras opções para os visitantes, como pista de ski, campos de golfe e vários restaurantes. Abaixo, conheça alguns destaques para aproveitar na região.

Expo São Roque

Principal evento turístico da cidade, celebra as alcachofras e os vinhos de São Roque. Acontece nos fins de semana do mês de outubro (em 2015, ocorre até o dia 2 de novembro), no Recanto da Cascata, um local com trilhas pela mata nativa e pontes sobre o rio e algumas quedas d’água.

Além de degustações de vinho e opções variadas de comida e bebida, a festa tem apresentações musicais, danças, exposições e workshops. Um dos momentos mais concorridos é o da Pisa da Uva, quando centenas de visitantes podem vivenciar o antigo método usado pelos colonos italianos na produção da bebida.

Vinícola Goés

Além de sua ampla loja, com área para degustação de vinhos e sucos, a vinícola possui um enorme jardim que atrai muitos turistas nos finais de semana. Por ali, famílias e muitas crianças divertem-se pelo gramado, ao som de música ao vivo, alimentam os peixes do lago ou apenas aproveitam uma tarde preguiçosa em meio ao verde.

Ski Mountain Park

Com vista para a Mata Atlântica, o parque aproveita a região serrana da cidade e oferece pistas de esqui e snowboard para iniciantes e para os já iniciados. Para substituir a neve, há um tapete de polietileno que fica escorregadio com um sabão especial.

Também há outras atividades ao ar livre, como teleférico, arvorismo, paintball, arco e flecha, passeio a cavalo, passeio de bicicleta, trilha e tobogã.

Sítio Santo Antônio

Construído por Fernão Paes de Barros, irmão do fundador da cidade, no século 17, o sítio é composto por uma casa grande e uma capela. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o local foi comprado pelo escritor Mário de Andrade em 1944 e doado ao Iphan após sua morte.  Além da arquitetura, dá para passar um bom tempo contemplando o cenário bucólico.

Quinta do Olivardo

Rodeada por seus parreirais, a Quinta do Olivardo reúne adega, restaurante português e loja com vinhos, salames, doces e compotas caseiras, todos de fabricação própria. Com clima bucólico e bela paisagem, o local é procurado por muitos turistas – nem que seja para apreciar o pôr do sol por ali.

Cantina Tia Lina

A cantina italiana oferece, em um salão espaçoso, massas tradicionais de fabricação própria e pratos com alcachofra, a especialidade local. Aos finais de semana, vale chegar cedo por lá, já que o almoço na Tia Lina costuma ser disputado. Na saída, aproveite para provar doces típicos da Itália.

Clube de Golfe Vila da Mata

Em um espaço de 400 mil m², o clube tem nove buracos para a prática do esporte. O prédio que recebe os golfistas e eventos sociais tem arquitetura inspirada nas antigas estações de trem

Referencias:

http://goo.gl/mKPYj7

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado