Quebec

Fundada em 1608, Quebec tem algumas características muito peculiares, como o fato de ter quase 5 km de muros ao seu redor e ter sido palco do confronto decisivo entre ingleses e franceses. Ela está situada às margens do rio Saint-Laurent (St Lawrence) e cresceu sob um penhasco. A parte antiga de Quebec, Vieux-Québec ou Old Quebec, é uma área histórica, reconhecida como patrimônio mundial da UNESCO, e está dividida em duas partes: a cidade alta (Haute-Ville – Upper Town) e cidade baixa (Basse-Ville – Lower Town), que são ligadas por um funicular e por via terrestre.

Estar em Quebec é um prazer. Poder sentar em um banquinho, tomando uma bebida e observando o vaivém das pessoas nas ruas-cercadas por casinhas de arquitetura europeia-, é uma das coisas mais interessantes que a cidade proporciona.

Como Chegar

 

A Cidade de Quebec é a capital da província do Quebec, localizada no leste do Canadá. Não há voos diretos entre o Brasil e a cidade, sendo necessário fazer ao menos uma conexão para chegar ao lugar. Além dos aviões, se você já estiver em território canadense, é possível chegar à cidade por via terrestre com os trens, ônibus e viagens em carros alugados.

 

Onde Ficar 

É fácil escolher onde se hospedar em Quebec, quem opta pela cidade antiga (Vieux-Quebec – Old Quebec) ou suas proximidades nunca erra. Essa região oferece uma excelente estrutura turística, reúne vários hotéis, bons restaurantes e diversos pontos turísticos. Ficando na cidade antiga, você poderá fazer bastante coisa a pé e terá fácil acesso aos principais pontos de interesse, basta ter um calçado confortável e disposição para caminhar.

A cidade antiga, em nossa opinião, é o melhor lugar para se hospedar. Ela está dividida em cidade alta (Upper Town – Haute-Ville) e cidade baixa (Lower Town – Basse-Ville) e boa parte dos hotéis de Quebec concentra-se nessa região, que é perfeita para ser explorada a pé ou de bicicleta. A cidade alta é um lugar com ótima localização, especialmente nos arredores do Terrasse Dufferin e do Châteu Frontenac, que é o hotel mais conhecido de Quebec e o lugar ideal para quem planeja uma estadia inesquecível.A cidade baixa também é outro ponto ótimo para hospedagens, tem fácil acesso ao transporte público e uma distância super curta da cidade alta.

Como Circular 

A pé: Certamente a maneira mais legal de explorar Quebec é a pé, então coloque um calçado confortável nos pés e saia caminhando pela cidade! Com as caminhadas, você terá a oportunidade de explorar cada cantinho de Old Quebec, poderá conhecer lugares e admirar paisagens novas a cada momento.

Ônibus: A grande parte dos pontos turísticos de Quebec concentra-se em Old Quebec, então muitos turistas não sentem necessidade de utilizar o transporte público da cidade ao longo da viagem. De qualquer forma, se você quiser se poupar de caminhadas ou visitar alguns lugares mais afastados, como o Parc de la Chute-Montmorency, o transporte público será um meio eficiente e barato.

Táxis: Os táxis são também uma forma de transporte complementar. Os valores não são tão baratos em Quebec, mas os taxistas costumam oferecer um bom serviço. Utilize o táxi para ir a pontos de interesse mais afastados da cidade, como o aeroporto.

Carro: Não há necessidade de alugar carro em Quebec e é perfeitamente possível conhecer os principais pontos de interesse da cidade caminhando ou com o transporte público, mas se você desejar ir a lugares mais afastados com conforto ou está em família, essa pode ser uma opção atrativa.

O que Fazer 

Há mais para fazer em Quebec do que a cidade inicialmente aparenta. Além dos pontos turísticos propriamente, reserve um tempo para curtir a atmosfera da cidade antiga de Quebec, caminhar por suas ruas com calma, apreciar a arquitetura, sentar em um banquinho na rua e ver as pessoas passando.

 

Caminhe pelo Terrasse Dufferin, um calçadão na Cidade Alta onde fica o majestoso Château Frontenac, um hotel com mais de um século, que se parece um castelo e é o grande símbolo de Quebec. Ainda na Cidade Alta, você pode aproveitar para visitar o antigo castelo e forte Saint-Louis, caminhar pela movimentada rua St-Jean, ou visitar o Hôtel du Parlement (parlamento de Quebec) e ir ao Observatoire de la Capitale, um mirante no alto de um edifício que oferece vista panorâmica de Quebec.

O parque Battlesfield Park, mais conhecido como Plaines d’Abraham, onde aconteceu a vitória dos ingleses sobre os franceses, é enorme e ideal para passar um dia ao ar livre. Ele tem muitas árvores e ainda abriga o museu nacional de belas artes de Quebec. Um passeio popular entre os turistas énavegar pelo rio Saint-Laurent (St-Lawrance), que margeia a cidade.

Vida noturna 

Depois que escurece, Quebec mantém seu charme ou, talvez, torna-se ainda mais charmosa. Ela não é tão grande quanto outras cidades do Canadá, mas oferece bons lugares para curtir a vida noturna e tomar uma bebida. A opção de muitos turistas que estão visitando a cidade é simplesmente sair para jantar em um de seus maravilhosos restaurantes-há ótimos lugares para jantar em Quebec, especialmente restaurantes de gastronomia francesa.

Em Old Quebec, nossa dica é ir ao pub St-Patrick, um pub irlandês com vários ambientes, que é bacana tanto no almoço quanto para ir durante a noite com amigos, tomar uma cerveja em sua varanda na rua. Outra ótima opção e muito animada, frequentada não apenas por turistas como também pelos próprios moradores da cidade, é o Saint-Alexandre Pub. Esse pub tem mais de 250 rótulos de cervejas disponíveis, tem música ao vivo quase todos os dias e uma programação variada ao longo da semana.

Gastronomia

Quebec é um lugar onde se pode comer muito bem. A cidade, influenciada por suas raízes francesas, tem restaurantes de excelente qualidade que servem desde comidas simples às mais refinadas.

Poutine é um prato típico do Canadá que foi criado na província de Quebec, então, nossa sugestão é que você o experimente na primeira oportunidade que tiver, porque pode ser que você goste muito e queira repetir a dose ao longo da viagem. Para sanduíches e poutines, a dica é ir ao Chez Ashton, um fast food que tem um poutine muito famoso e acessível ou ao Le Chic Shack.

Outra dica para comer bem, e sem pesar no bolso, é a patisserie Paillard, ótima para qualquer hora do dia, sobretudo para um café da manhã, já que o lugar tem croissants, pães, doces e cafés.

 

Melhor época

 Quebec é uma cidade que pode ser visitada o ano inteiro, mas o verão certamente é a época mais procurada para o turismo. As estações são bem definidas na cidade e cada uma delas oferece paisagens e atividades diferentes.Se você não gosta de frio, o ideal é evitar viajar nesse período e curtir os meses mais quentes do ano, como julho e agosto.

O inverno (dezembro a março) é um período de médias de -8ºC. Janeiro é o mês mais frio, com média de -12ºC. No verão (maio a setembro), os dias são mais longos, as temperaturas são quentes e podem passar dos 35ºC.

Dicas 

Para ir ao Canadá, é necessário um passaporte e visto válido condizente com o propósito da viagem. O visto para turistas pode ser obtido online e é um pouquinho burocrático, mas completamente possível de ser feito por você mesmo.

Lembre-se de que, se você viaja ao Canadá passando por um terceiro país, além das regras de imigração local, você deve se atentar às regras de imigração no local de conexão. Fazendo conexão nos Estados Unidos, você precisará também do visto estadunidense.

Não são necessárias vacinas para visitar o Canadá.

A CNH brasileira pode ser utilizada para digirir em Quebec, e a PID (permissão internacional para dirigir) não é considerada obrigatória, mas pode facilitar eventuais problemas que você tenha no país.

O fuso horário padrão de Quebec é o UTC -5.

As línguas oficiais no Canadá são inglês e francês. Quebec é uma cidade da província francófona e a maioria das pessoas na cidade tem o francês como primeira língua. Muitas pessoas são bilíngues, mas você perceberá que, entre si, os moradores da cidade falam francês.

Casaco é um item que deve estar na sua mala independentemente do mês da viagem. Faz calor em Quebec durante o verão, mas durante a noite pode esfriar e, se estiver ventando, você pode sentir frio. No inverno, o frio é extremo e, em alguns dias, as temperaturas atingem 30, 40 graus negativos; se viajar nesse período, leve roupas para inverno pesado e calçado para neve, que oferecem maior aderência e permitem caminhar com mais tranquilidade. Luvas, cachecol, segunda pele e outros artigos de roupas de frio também são essenciais para enfrentar o rigoroso inverno da cidade.

 

fonte:

http://www.partiuviagens.com.br/destinos/canada/quebec.aspx

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado