Como a Universal quer acabar com as filas nos parques

ORLANDO (FLÓRIDA) – Uma das grandes frustrações – talvez a principal – dos visitantes em um parque temático é perder tempo esperando nas filas para desfrutar das atrações. O Universal Orlando Resort, no entanto, quer acabar com essa ‘dor de cabeça’.
A começar pelo novo Volcano Bay, parque aquático inaugurado em maio, a marca instalou um sistema que promete revolucionar a experiência dos visitantes. Após receber a pulseira Tapu-Tapu ao entrar no parque, a pessoa passa a utilizá-la para guardar seu lugar em uma fila virtual, mas como isso funciona na prática? Logo na entrada de cada atração, as pessoas encostam a pulseira nos painéis para ter seu espaço reservado na fila. A tela da Tapu-Tapu, então, passa a mostrar o tempo que será necessário esperar para andar em um dos brinquedos.
A ideia da Universal é organizar as atrações de modo que as pessoas esperem no máximo 15 minutos na fila, enquanto o resto do tempo pode ser gasto em outras atrações ou até mesmo nos espaços abertos do parque. A solução do Volcano Bay é eficiente e garante tempo bem menor de espera, pensando justamente nas atrações mais concorridas, como é o caso da montanha-russa aquática Krakatau.
Já no Universal Studios, também em Orlando, uma maneira diferente, mas com o mesmo conceito, já é utilizada na atração Race Through New York Starring Jimmy Fallon para não fazer o público ficar esperando. Pelo aplicativo oficial do parque, o visitante pode guardar seu espaço na fila virtual – assim como acontece com a Tapu-Tapu no Volcano – enquanto anda em outros brinquedos. Além desta, a futura Fast & Furious – Supercharged também contará com o mesmo sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado