10 dicas viagens para quem deseja comer e beber bem

Conhecer as diferentes culturas do mundo é, na maior parte das vezes, um dos desejos dos viajantes. No entanto, além de pontos turísticos tradicionais – como parques, museus e centros históricos –, é possível fazer uma boa viagem aliada com a possibilidade de ter contato com a gastronomia do destino.

Agora, aos viajantes que planejam conhecer destinos justamente pelas comidas e bebidas, também é possível montar um roteiro especial. Confira, abaixo, a dez dicas de viagens para quem deseja comer e beber bem:

COMIDAS E BEBIDAS BARATAS: MUMBAI (ÍNDIA)

 

Segundo um levantamento feito pela BBC, Mumbai é a cidade mais barata do mundo, entre as 131 avaliadas. Com a maior população e diversidade cultural da Índia, a cidade tem como um de seus principais pratos, e com um preço bastante acessível, o chaat – um tipo de massa frita, com macarrão cabelo de anjo frito, arroz, batata, pasta de pimenta vermelha e cebola. A cidade, como todo o país, porém, restringe o consumo de bebidas alcoólicas. Entretanto, nada impede que um turista experimente uma das bebidas mais tradicionais, o chai.

MELHOR COMIDA DE RUA: BANGCOC (TAILÂNDIA)

É praticamente impossível evitar comida de rua em Bangcoc, na Tailândia, onde vendedores ambulantes se situam em diferentes partes da cidade, em uma rotação fixa. Alguns se dedicam ao café da manhã, com doce de leite e queijo, ambos à base de leite de soja. Já para o almoço, o arroz defumado e o frango cozido são os mais vendidos. Os vendedores noturnos, entretanto, oferecem de tudo um pouco da comida típica tailandesa, sobretudo grelhados.

MELHOR GASTRONOMIA: LYON

Quando se pergunta qual o país com a melhor gastronomia do mundo, sem pensar muito, a maioria acertadamente responde França. No entanto, enganam-se os que pensam que Paris é a principal cidade gastronômica. Considerada patrimônio imaterial da humanidade, a gastronomia francesa tem como capital – proclamada em 1925, pelo crítico culinário Maurice Curnonsky – a cidade de Lyon. Com uma série de chefs famosos, como Paul Bocuse, o fundador da “nouvelle cuisine”, a família Troigros e os contemporâneos Nicolas Le Bec e Anne-Sophie Pic, a cidade abriga típicos bistrôs que servem refeições caseiras, geralmente com embutidos frescos.

MELHOR CERVEJA: JOANESBURGO (ÁFRICA DO SUL)

Para quem espera países como Alemanha, Holanda ou Irlanda, pode se preparar para ampliar seus horizontes. De acordo com a última premiação do Rate Beer, site reconhecido como uma das maiores e mais visitadas fontes de informação sobre cerveja, a melhor cervejaria e cerveja do mundo está na África do Sul. A Ace’s Brew Worx, em Johannesburg, foi eleita a melhor cervejaria do mundo em 2016, em uma lista que premiou 61 grandes marcas.

MELHOR CACHAÇA: MINAS GERAIS

Responsável pela produção de 60% da pinga de alambique, com variações de sabor de acordo com a região onde é produzida, o Estado de Minas Gerais é o lugar certo para quem quer beber a melhor cachaça do País e do mundo. Seja em qual cidade estiver, aproveite para experimentar a bebida.

MELHOR PIZZA: NÁPOLES (ITÁLIA)

A pizza, na forma como se conhece atualmente, nasceu em Nápoles, na Itália, e não é por acaso que a cidade ainda seja prestigiada pela qualidade. A pizza napolitana, de massa mais grossa e feita em forno a lenha, continua sendo uma das mais populares do mundo. Na cidade também nasceu a Margherita, a origem de todas as demais, usando as cores da bandeira italiana como inspiração para seus ingredientes: vermelho (tomate), branco (mussarela) e verde (manjericão). As pizzarias mais tradicionais de Nápoles são a De Michele, Gino Sorbillo e a La Notizia.

MELHOR SORVETE: ROMA (ITÁLIA)

Não é de causar espanto que os melhores sorvetes do mundo estejam na Itália, terra do gelato. Em Roma, todavia, o amor e consumo da massa é ainda mais exaltado. Não importa a estação, as sorveterias italianas ficam abertas 365 dias. Mesmo no inverno há quem compre sorvete. Muitas das principais sorveterias das cidades, grandes ou pequenas, também fornecem o produto para bares e restaurantes, então, a demanda pelo produto não para. Vale ressaltar que há sorveterias romanas que já passam dos cem anos – o que demonstra que a experiência influência muito na qualidade do sorvete.

MELHOR FAST-FOOD: ESTADOS UNIDOS

De simples batatas fritas e tacos mexicanos a refeições completas, restaurantes ou lanchonetes do tipo fast-food são uma evolução dos restaurantes e lanchonetes do tipo drive-in, que surgiram na década de 40, no sul da Califórnia, e que se popularizou por todo o país e o mundo. Os fast-foods estão em todos os lugares dos Estados Unidos. Os combos sanduíche-fritas-refrigerante são os mais encontrados: desde o McDonald’s ao monte-o-seu-próprio-lanche Subway, o Burguer King, o Wendy’s, etc. Há também opções de pizzas, comidas de outros países, até mesmo opções mais saudáveis.

MELHOR VEGETARIANO E VEGANO: BERLIM

 

A capital alemã foi eleita pela revista americana Saveur como a melhor cidade do mundo para apreciar a gastronomia vegetariana e vegana. De acordo com a publicação, Berlim é a primeira cidade ocidental que atingiu a paridade com a dieta carnívora tradicional.

MELHOR CHOCOLATE: BRUXELAS

A capital belga é conhecida mundialmente pelo o melhor processamento do cacau e da massa do chocolate. Dentre as principais marcas, um bom chocólatra não pode deixar de visitar uma das lojas de Pierre Marcolini.

 

Fonte: https://goo.gl/jDc44p

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado