Natal – Rio Grande do Norte

HISTÓRIA GERAL

Segundo o historiador e folclorista Luís da Câmara Cascudo, filho dessa terra, a origem do nome Natal pode estar ligado a dois fatos históricos: um deles relacionado ao dia que a esquadra de Mascarenhas Homem adentrou na barra do Potengi, no dia 25 de dezembro de 1597; e o outro, teria ligação a uma missa celebrada em 25 de dezembro de 1599 – data marco da fundação da cidade.

A Fortaleza dos Reis Magos, no encontro das águas do mar e do rio Potengi, cuja construção se iniciou em 6 de janeiro de 1598, dia consagrado aos Santos Reis, é o marco do início da formação do núcleo populacional de Natal.

Na história política do Brasil, Natal foi a única capital do país que em 1935 foi dominada pelos comunistas. Durante quatro dias, a capital potiguar esteve sob o comando do Comitê Popular Revolucionário, que chegou a publicar um jornal e a dirigir ao povo um manifesto.

Na época da 2º Guerra, a cidade teve uma participação especial no conflito, devido a sua posição geográfica privilegiada. É o ponto do Continente Americano mais próximo da África.

Entre 1942 e até o final da guerra, Natal abrigou a maior base aérea dos Estados Unidos fora do seu território.

Com cerca de 55 mil habitantes, Natal naquele período  transformou-se com a chegada dos soldados norte-americanos. O hábito de mascar chiclete e tomar Coca-Cola foram incorporados ao cotidiano da provinciana capital , que passou viver o clima da Segunda Guerra. À noite, para evitar ataques aéreos, a cidade ficava às escuras.

Depois desse breve histórico de Natal, queremos apenas convidar você a vir conhecer mais de perto essa pequena, charmosa e encantadora capital.

Com um ótimo alto astral, a cidade desperta em todos os seus visitantes uma paixão instantânea. Muitos, depois, acabam vindo morar nessa cidade de sol, mar e de um povo hospitaleiro. Outros, deixam tantos amigos aqui que acabam voltando uma, duas, três, quatro… Enfim, muitos voltam infinitas vezes…

PONTOS TURISTICOS

BARREIRA DO INFERNO (LITORAL SUL)

A cidade do Natal também é conhecida como “Capital Espacial do Brasil” por abrigar a primeira base de lançamentos de foguetes instalada na América do Sul. Hoje, realiza pesquisas espaciais e recebe visitantes com horário marcado.

 

 

 

 

 

CENTRO DE TURISMO

Antiga Casa de Dentenção de Natal, abriga a Galeria de Arte Antiga e Contemporânea, lojas de artesanato e é palco de apresentações folclóricas. Situado a rua Aderbal de Figueiredo, no bairro de Petrópolis.

 

 

 

 

 

CAPITANIA DAS ARTES

Restaurada pela SECTUR, seu prédio reúne a beleza da arquitetura neoclássica, de seu frontão; e amplos vãos livres de arquitetura moderna, de seu interior. Já foi Capitania dos Portos e sede do Governo.

 

 

 

 

 

FORTE DOS REIS MAGOS

Construído sobre os recifes e banhado pelo rio Potengi e pelo Oceano Atlâtico, é o marco inicial da história da cidade do Natal. É tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional. Praia do Forte.

 

 

 

 

 

FAROL DE MÃE LUIZA

A construção desse farol foi concluída em 14 de março de 1951 e possui tripulação que guarnece e conserva sua estrutura. O farol de Mãe Luíza mede 87 metros em relação ao nível do mar.

Sua localização serve de mirante porque é possível ter uma linda vista panorâmica de parte da cidade. Sua construção é de alvenaria caiada de branco. A altura focal é 72,3 metros e possui 157 degraus. Já o seu alcance é de 39 milhas náuticas.

 

 

 

 

 

IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA APRESENTAÇÃO

A Igreja Matriz Nossa Senhora da Apresentação está localizada na atual Praça André de Albuquerque, em Natal. Monumento tombado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, e pertencente à Arquidiocese de Natal. A missa de fundação da cidade foi celebrada na capela construída em 1599, da qual originou a atual igreja. Algum tempo depois de construída a primitiva capela, projetou-se uma nova igreja, aproveitando-se o núcleo original como capela-mor.

 

 

 

 

 

RIBEIRA

O bairro da Ribeira é desde o início de sua formação um conjunto heterogêneo de poesia, história, arquitetura, mitos e pessoas. As funções desses elementos concentrados em um único espaço geográfico geraram um lugar extraordinário e profundamente rico em cultura, espécie humana, lendas, edifícios imponentes e uma singular importância no desenvolvimento urbano do município.

 

 

 

 

 

TEATRO ALBERTO MARANHÃO

Teve a sua construção iniciada em 1818 e concluida em 1904. Sua arquitetura neoclássica encontra-se totalmente restaurada. Localizado na praça Augusto Severo, no bairro Ribeira.

 

 

 

 

 

O MAIOR CAJUEIRO DO MUNDO

Uma planta tropical do tamanho de um quarteirão e que não para de crescer. A inusitada atração turística está na badalada praia de pirangi, responsável por um dos belos cenários que se descortinam na rota do sol.

 

 

 

 

 

VIA COSTEIRA

Ao lado esquerdo da Via, fica o Centro de Convenções e 9 km de dunas preservadas em plena cidade. Ao lado direito, concentram-se, a beira-mar, hotéis com arquiteturas arrojadas. Acessos pela praia de Areia Preta ou pela Estrada de Ponta Negra.

 

 

 

 

 

VIDA NOTURNA

Noite de Natal reserva muitos presentes para os turistas, com boates de bom nível e diversos eventos que resgatam o forró pé-de-serra. Os sons que imperam na vida noturna potiguar são bem diversificadas. Vão do tecno à música latina, forró e ao rock´n´roll que, por incrível que pareça, é uma paixão local.

 

 

 

 

 

CONHEÇA MAIS O NOSSO ESTADO

O Rio Grande do Norte criou recentemente cinco pólos turísticos: Costa das Dunas, Costa Branca, Serrano, do Seridó e do Agreste. Trata-se de uma tendência nacional, já que é uma forma de roteirizar o turismo no Estado e, ao mesmo, estabelecer entidades competentes para convênios e estratégia de divulgação e promoção.

Dos cinco pólos potiguares, o que vem conseguindo melhores resultados, em termos de infra-estrutura, é o Costa das Dunas. Além de pioneiro, é o que reúne maior número de municípios potencialmente turísticos. Abrange a região litorânea de Baia formosa e Pedra Grande, passando por Natal.

Os 16 municípios que integram o Pólo Costa das Dunas reúnem-se periodicamente em Natal, sob a supervisão do Banco do Nordeste, para reivindicações e acompanhamento de planos estratégicos. Não custa lembrar que, no Rio Grande do Norte, apenas o Pólo Costa das Dunas foi contemplado com recursos do Prodetur 1 e receberá ainda mais verbas, desta vez do Prodetur 2.

De destaque temos ainda o Pólo Costa Branca, o Pólo Serrano, cujas principais atrações são as cidades de Portalegre e Martins, está no limiar de suas atividades, assim como os pólos do Seridó e do Agreste.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRINCIPAIS PASSEIOS

MORRO DO CARECA

O Morro do Careca é dos principais pontos turísticos da cidade de Natal, além de ser um dos mais belos cartões-postais.

O Morro é um patrimônio natural da cidade, ele é formado por dunas com vegetação da região que ajuda a baixar o clima e a protegê-la contra a erosão.

O Morro do Carece localiza-se na Praia de Ponta Negra que possui cerca de 4 km de extensão. No extremo sul fica o Morro do Careca, o ponto turístico mais famoso de Natal. Caminhando em direção ao norte, percorrem-se primeiramente ao redor de 2 km da avenida Erivan França, os quais são repletos de bares, restaurantes, hotéis, boates, pequenas galerias de shopping, etc.

 

 

 

 

 

PASSEIO DE BUGGY

Praia de Genipabú – Nada melhor do que um passeio “com emoção” ou “sem emoção” pelos imensos “tobogãs de areia”. No percurso, deliciosos banhos de lagoa e o deleite de verdadeiros paraísos.

  

 

 

 

 

PASSEIO DE DROMEDÁRIOS

Atração famosa da Praia de Genipabú, passeio de dromedários sobre as dunas.

 

 

 

 

 

MERGULHO

Localizaoa nas Piscinas Naturais de Pirangi o passeio de barco para banho e mergulho contempla uma formação de corais a cerca de 800 metros da costa.

Com duração média de 2 horas, o passeio sai do trapiche da Marina Badauê, localizada em frente ao Cajueiro de Pirangi.

O roteiro inclui parada para banho e mergulho nas piscinas naturais, que na maré baixa aflora à superfície os corais. Nas marés abaixo de 3.0, pequenas piscinas se formam nos corais, permitindo observar os peixinhos sem uso de máscara.

O passeio é inesquecível e agrada crianças e adultos. Imperdível.

 

 

 

 

 

HOTÉIS E RESTAURANTES

A hotelaria de Natal que sem dúvida é a mais moderna e a mais funcional de todo o Nordeste, assim como a mais participativa em eventos do setor, acumula vitórias. Além de referencial intenacional – daí a quantidade de charteres -, os hotéis de Natal contribuem para que o destino tenha um diferencial a mais, com estabelecimentos na própria praia, e não em frente à praia, como nos estados vizinhos.

Atualmente Natal possui cerca de 26 mil leitos distribuídos nas mais diversas categorias (resort, hotéis, flats, albergues pousadas), divididos entre hotéis independentes, cadeias nacionais e internacionais.

A cidade possui uma economia basicamente direcionada ao turismo e concentra a rede hoteleira em quatro grandes pólos, são eles: Via Costeira, Ponta Negra, Centro e Ladeira do Sol.

Para receber a visita de turistas do mundo inteiro, Natal vem juntamente com os empresários, governo do estado e do município, oferecendo incentivos para a formação da infra-estrutura turística, gerando o aparecimento de hotéis de boa qualidade, pousadas, restaurantes e vendendo potencial turístico de Natal nas grandes capitais brasileiras e no exterior.

Natal das boas maravilhas, a “Cidade do Sol”, a “Terra do Camarão”, o berço do forró, tem cerca de 800 mil habitantes, mas recebe mais de 2 milhões de turistas brasileiros e estrangeiros, que anualmente vem à cidade para desfrutar do ar mais puro das Américas. Os visitantes se deslumbram com os mais de 400 Km de Costa Atlântica passeando por lindas praias, muitas das quais visitadas em passeios emocionantes de Buggy entre dunas, o mar e lagoas, além de vários atrativos nesses caminhos.

Considerada pólo do turismo de eventos no Nordeste, Natal conta com um cenário positivo de infra-estrutura, transporte, segurança e programação social, cultural e turística.

Uma cidade moderna e repleta de novidades turisticas, Natal cresce e se aperfeiçoa como destino forte para o turismo e principalmente ao bem estar dos nativos. Viver em Natal é estar bem e fazer bem a quem nos visita. Visite Natal!

RESTAURANTES TÍPICOS

PÁPRIKA 

O Páprika Restaurante, Pizzaria e Music Bar, as receitas contam com a tradição italiana na cozinha através do Chef Alessandro Pasotto que conseguiu integrar junto a cozinha brasileira. O uso de ingredientes selecionados garante o padrão de qualidade, em um ambiente rústico e charmoso, propício para reunir os amigos e saborear deliciosas pizzas assadas no forno a lenha e ouvir boa música; de frente para uma das melhores vista de Ponta Negra, ou num elegante jardim e com vista para o mar.

Endereço: Rua Pedro Fonseca Filho, 9001 (1,4 Km do Centro de Convenções)

www.paprikanatal.com.br/novo/index.php

TÁBUA DE CARNE

O diferencial do restaurante está na cozinha regional que encanta turistas e nordestinos que o frequentam. A carne de sol e a picanha são favoritas entre as carnes assim como o pirão de queijo que é o acompanhamento mais elogiado e impossível de se encontrar igual. Sem falar das sobremesas típicas como os doces caseiros de frutas regionais e o queijo de coalho assado na brasa.

Endereço: Av. Eng. Roberto Freire, 3241 (1,4 Km do Centro de Convenções)

www.tabuadecarne.com.br/por/

CAMARÕES 

O cardápio das três unidades do Camarões está em constante renovação, oferecendo novas sugestões a cada semana, que, a depender da aprovação da clientela, passam a fazer parte permanentemente de suas páginas.

Endereço: Av. Eng. Roberto Freire, 2610 (1,3 Km do Centro de Convenções)

www.camaroes.com.br/index.php

MAZZANO

Num ambiente rústico e charmoso você pode se servir de uma deliciosa mesa de frios e antepastos preparada diariamente. Com uma cozinha italiana, nossa proposta é oferecer aos clientes uma gastronomia diferenciada com foco na qualidade sem esquecer a relação custo x benefício. No Mazzano você pode tomar excelentes vinhos e harmonizar com pratos diferenciados.

Endereço: Av. Eng. Roberto Freire, 9034 (1,4 Km do Centro de Convenções)

www.mazzano.com.br/novo/index.php

Centro de Convenções de Natal

Na Via Costeira, dentro do Parque da Dunas, onde são quase 10km ligando a praia de Areia Preta, no Centro, a Ponta Negra, ao sul está o Centro de Convenções. Localizado numa área privilegiada da cidade de Natal, margeado por duas vias de integração.

Projetado para sediar Simpósios, Congressos, Seminários, Reuniões, Eventos Artísticos, Feiras e Exposições, o Centro de Convenções se encontra próximo a um complexo hoteleiro dos mais modernos, com bares, restaurantes, praias, shoppings, ciclovia, agências de turismo, locadora entre outros serviços.

Área Total: 68.805 m²

Área Construída: 16.000 m²

Área Externa: 57.535 m²

Estacionamento: 6.997 m²

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado