Ilhas Seychelles

Seychelles está localizada na parte ocidental do Oceano Índico e pertence ao continente africano. É um arquipélago formado por 115 ilhas e abriga uma população de aproximadamente 87 mil habitantes. As principais ilhas são Mahé, Praslin e La Digue, onde se concentram os serviços gerais e turísticos, o governo e o polo cultural. As 115 ilhas de Seychelles se diferem em dois grupos: 41 graníticas e 74 coralinas. Quanto às coralinas, estas formam cinco grupos de atóis de coral (o grupo Amirantes, a 230 km de Mahé, o Southern Coral, Alphonse, Farquhar e o Aldabra, a 1150 km de Mahé).

O fantástico Vallée de Mai, na ilha de Praslin, onde cresce o raro coco-de-mer, e o Atol de Aldabra, um dos maiores atóis de corais do mundo, são dois lugares reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade. A consciência na utilização de seus recursos foi uma das razões pela qual Seychelles passou a ser um dos destinos mais cobiçados pelos turistas nos últimos anos. A preservação da fauna e flora assegurada por lei desenvolveu um turismo sustentável que garante a perpetuação de santuários naturais intactos.

Além das belezas naturais terrestres, em Seychelles é possível encontrar uma vida marinha muito rica, com mais de 1.000 espécies de peixes, o que atrai ainda mais a atenção dos visitantes. Esta área de eterno verão permite o mergulho durante todo o ano, tanto para iniciantes quanto para os mais experientes. Coloridos peixes de recife, polvos, lagostas e tartarugas são abundantes na água que rodeiam as ilhas internas e em torno de seus recifes, enquanto que mergulhadores mais aventureiros podem explorar o famoso naufrágio offshore “Ennerdale”, que é o refúgio de garoupas e arraias. É possível experimentar a emoção de nadar com tubarões-baleia, os gentis gigantes do mar que são visitantes regulares das águas de Seychelles.

O que diferencia Seychelles de tantos outros destinos de férias é a sua grande variedade de ilhas – cada uma com a sua própria geografia, personalidade e história. Visitar mais de uma ilha durante a estadia é imperdível – seja em excursões de um dia ou ficando em diferentes hotéis e irá adicionar dimensão à experiência. Com as melhores opções no que diz respeito a serviços de hospedagem, uma estadia em Seychelles é sinônimo de visitar o paraíso.

Como Chegar 

Não é uma viagem curta para chegar a Seychelles. O principal aeroporto do arquipélago é o da ilha de Mahé, que serve a capital Victoria. Saindo do Brasil, o caminho mais curto é embarcando em voos com Qatar e Emirates, em jornadas que duram de 20h30 a 22h, com escalas em Doha e Dubai, respectivamente. Há também a possibilidade de fazer viagens pelo Quênia e África do Sul, com Kenya Airways e South African Airways. As passagens giram em torno de US$ 2100.

 

Principais ilhas com acomodação:

Mahé, Praslin  e La Digue

Onde Ficar

* La Digue: 

Le Domaine de L’Orangeraie Resort and Spa 

Localizado em La Digue, o Le Domaine de L’Orangeraie oferece várias comodidades para que você tenha uma estadia relaxante, incluindo spa, centro de bem-estar, academia e aluguel de bicicletas. Os 2 restaurantes do local fornecem várias opções gastronômicas. As acomodações espaçosas possuem frigobar, cafeteira, varanda, TV de tela plana via satélite, ar-condicionado e banheiro privativo com chuveiro.

Outras instalações do resort incluem 2 bares, piscina ao ar livre, jardim e recepção 24 horas. Há uma variedade de atividades ao ar livre que podem ser desfrutadas no local, incluindo mergulho com snorkel, trilhas a pé, natação e ciclismo. A Praia Anse Severe está a 2 minutos de caminhada, enquanto a Praia Anse Patate fica a 12 minutos a pé e a Praia Source D’Argent está a 2 km de distância. A Balsa Inter Island fica a 5 minutos de caminhada da propriedade.

 

Praslin

Acajou Beach Resort

Oferecendo uma piscina ao ar livre e um restaurante, o Acajou Beach Resort está localizado em Baie Sainte-Anne. O WiFi gratuito está disponível neste resort. As acomodações dispõem de TV, ar-condicionado e geladeira. O banheiro privativo conta com chuveiro e secador de cabelo. As comodidades extras incluem canais via satélite.

No Acajou Beach Resort, você encontrará um jardim e um bar. Outras comodidades ao seu dispor na propriedade incluem lounge comum e depósito para bagagem. Você pode aproveitar uma variedade de atividades no local ou nas imediações, incluindo ciclismo. Para sua maior comodidade, o estacionamento gratuito está disponível. Este resort fica a 6 km do Aeroporto de Praslin Island.

 

Mahé

O Savoy Resort & Spa está localizado na Praia de Beau Vallon, e dispõe de 2 restaurantes, piscina ao ar livre, e recepção 24 horas. O centro de Victoria fica a 6 minutos de carro do local. Os quartos e as suítes são modernos e espaçosos, e estão equipados com varanda, TV de tela plana via satélite, frigobar e ar-condicionado. Os quartos Deluxe, e as suítes executivas e júnior oferecem vista do mar. Os banheiros privativos contam com chuveiro, banheira e secador de cabelo.O Savoy Resort oferece uma ampla seleção de opções de cozinha, com 6 locais que variam de restaurantes buffet e à la carte. Você pode desfrutar de pratos gourmet no Pescado, que oferece vista para a piscina do resort. O bar Gecko serve petiscos e bebidas.

Há uma variedade de tipos de massagens e tratamentos de beleza ao seu dispor no Savoy Spa. O resort também conta com 1 quadra de tênis e academia. Outras comodidades ao seu dispor na propriedade incluem uma equipe de entretenimento, clubinho infantil, instalações para reuniões, e depósito para bagagem. A equipe do Savoy Resort & Spa pode ajudar você a organizar passeios e excursões na área das imediações. O Jardim Botânico fica a 5 km do local, e você pode chegar ao Aeroporto de Mahe em aproximadamente 20 minutos de carro.

Cultura

Seychelles é uma mistura alegre e colorida de diferentes etnias, culturas e religiões. Em diferentes momentos de sua história, pessoas do continente africano, europeu e asiático chegaram às ilhas trazendo consigo tradições e costumes distintos, contribuindo para o modo de vida e cultura seychellois. É possível ver essas influências nas artes locais, gastronomia, música, dança e arquitetura.

O projeto arquitetônico de algumas das casas antigas carregam influências da herança colonial francesa e inglesa, adaptadas para uma vida confortável no clima tropical.Além disso, a música e a dança sempre desempenharam um importante papel na cultura de Seychelles e em todos os tipos de festas locais. Os artistas exibem diversos estilos que mostram essa característica multicultural e realçam as muitas influências culturais no país. Enraizada nas culturas africanas, malgaxe e europeia, a música é tocada ao som de tambores e instrumentos de corda. O violino e a guitarra são relativamente recentes importações estrangeiras, que desempenham um papel proeminente na música de hoje.

Arquitetura

A arquitetura seychellois tem um estilo único, cujo design é marcado pela praticidade. É possível perceber claramente as influências do passado colonial, em uma combinação com diversos elementos práticos. Os telhados são íngremes, por causa das chuvas, e as varandas costumam ser amplas, para usufruir ao máximo o agradável clima de Seychelles, além de outros recursos que permitem aproveitar a brisa nas ilhas.Curiosidades

– Tradicionalmente, as cozinhas das casas ficam em um espaço exterior, para que os aromas picantes da culinária não cheguem aos outros cômodos.

– Originalmente os telhados de muitas casas eram feitos com a palha das plantações de coco, que deram lugar às telhas de zinco.

Gastronomia

 

Destacando as muitas culturas que povoam Seychelles, a cozinha creole apresenta as sutilezas da culinária francesa, o exotismo dos pratos indianos e os sabores picantes do Oriente. Peixes grelhados ou polvos regados ao molho de pimentões, gengibre e alho são os pratos favoritos do país, assim como uma variedade de molhos deliciosamente preparados com leite de coco.Por ser um conjunto de ilhas, os pratos mais comuns da cozinha seychellois são à base de peixes que, além de frescos, oferecem variedades de sabores maravilhosos.

Alguns magníficos são o red snapper, conhecido como bourzwa; o job-zob; o atum, muito diferente do que conhecemos; as cavalas reais, denominadas kingfishou wahoo e o karang.

Um prato bem típico da cozinha creole é um puchero com Salsa de Chile. Mesmo que você seja acostumado ao sabor picante, tenha cuidado ao solicitar este prato, pois a pimenta destas ilhas recebe o apelido de “fogo infernal”, por ser muito forte. Também são servidos pratos de carnes e aves aromatizadas com especiarias do país.

Melhor época para visitar: De abril a novembro, evitando a época de chuvas.

Referências:

Ilhas Seychelles

http://viajeaqui.abril.com.br/paises/seychelles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado