Conhecendo o México


 México é um país com uma história bastante complexa, há indícios de povos que habitavam a região há mais de 20.000 anos. Durante a época pré-hispânica, houve o apogeu das civilizações olmeca, azteca, teotihuan, zapoteca e maya, que durou aproximadamente 4.000 anos antes dos habitantes nativos entrarem em contato com a civilização européia. Os primeiros habitantes da região que hoje conhecemos como México, construíram observatórios,desenvolveram um calendário com 365 dias, construíam aquedutos, utilizavam hieróglifos para escrever, fizeram avanços em matemática e conheciam a álgebra.

Em 1519, o espanhol Hernán Cortez chegou à ilha de Cozumel e, de lá, se deu a invasão do atual território mexicano. Tenochtitlán, capital do império azteca, foi destruída a partir de 1520, sobre suas ruínas foi construída a atual capital do México, Cidade do México. Junto dos militares espanhóis chegaram em 1524, também missionários (frades franciscanos) que convertiam os indígenas à fé católica.

A colônia não desejava mais enviar riquezas para Espanha, este foi o maior motivo para a declaração da independência mexicana. Foram feitos movimentos e levantes que logo foram abafados. Na madrugada de 16 de setembro de 1810, o padre Miguel Hidalgo y Costilla, prendeu as autoridades locais na cadeia e pôs os presos nas ruas. Depois, durante uma missa, conclamou a população a derrubar o governo, fato que foi denominado grito da independência, realizado em um povoado chamado Dolores. A república foi proclamada em 1824.

Entre 1846 e 1848, durante a guerra com os Estados Unidos o México perdeu uma série de territórios localizados no norte do país: áreas que, hoje, compreendem os estados do Texas, Nevada California, Utah e Novo Mexico.

Durante o Porfiriato, período de 31 anos (1876-1911) de governo do general Porfirio Díaz (interrompido apenas entre 1880 e 1884 quando Manuel González ascendeu ao poder), foi construído 19.000 km de vias férreas, deu-se a integração mexicana através dos telégrafos, foram realizados investimentos estrangeiros e a indústria nacional foi impulsionada. A revolução mexicana, responsável pelo fim do porfiriato, foi liderada por Zapata e Villas, ocorreu em 1910 e custou a vida de 10% da população daquela época. O Partido revolucionário institucional (PRI) dominou a cena política mexicana entre 1929 e 2000, todos os presidentes eleitos neste período pertenciam ao PRI, até que, em 2000, Vicente Fox Quesada foi eleito pelo Partido da Ação Nacional do México.

O México passou por uma séria crise econômica, em 1994, devida à falta de competitividade das empresas mexicanas face à instalação de empresas norte-americanas, pertencentes à NAFTA, que se instalaram no país. Cerca de 200 mil mexicanos perderam seus empregos. O México precisou de ajuda externa e os EUA fizeram um empréstimo a aquele país de 29 bilhões de dólares. No final da década de 90, o México foi o país que mais cresceu na América Latina.

INFORMAÇÕES GERAIS 

México é um País com muita diversidade e ao mesmo tempo, em alguns aspectos, muito hegemônico. São tantas as opções que para conhecê-lo, certamente terão que reserva muito tempo de viagem.Assim, procuraremos abordar selecionando alguns dos principais destinos turísticos, Culturais e outros com certa Tradição.Sua Capital é a Cidade do México ou como preferirem, México City DF está a 2.250 m acima do nível do mar.

Há várias coisas interessantes para turismo no México. Pirâmides e templos antigos, grandes megalópoles e resorts tropicais. A viagem ao México pode começar na sua capital, a Cidade do México. É a terceira maior metrópole do mundo, perdendo apenas para Tóquio e Nova Iorque. Essa cidade com mais de 20 milhões de habitantes foi construída sobre as ruínas de Tenochtitlan, a antiga capital Asteca fundada em 1325. Indícios de civilizações antigas estão presentes na cidade, particularmente nas escavações do Templo Mayor e no Museu Antropológico no Parque Chapultepec. Tenochtitlan foi fundada em 1325 pelos astecas.

Um dos pontos turísticos obrigatórios são as pirâmides de Teotihuacan e Chichen Itza. Teotihuacan fica a 50 km ao norte da Cidade do México e é possível observar pinturas místicas como figuras de deuses, seres noturnos entre outros. As ruínas de Chichen Itza ficam entre Cancun e Merida, onde habitavam as tribos Mayas.

DADOS PRINCIPAIS

ÁREA: 1.972.547 km²

CAPITAL: Cidade do México

POPULAÇÃO: 113,7 milhões de habitantes (estimativa 2011)

MOEDA:  peso mexicano

NOME OFICIAL: ESTADOS UNIDOS MEXICANOS

NACIONALIDADE: mexicana

DATA NACIONAL: 5 de fevereiro (Dia da Constituição); 16 de setembro (Independência); 20 de novembro (aniversário da Revolução).

Cultura Mexicana

Sua riqueza cultural apresenta muitas ruínas da cultura Maia, o que atrai muitos turistas, principalmente historiadores e arqueólogos. Um local muito procurado são as Pirâmides de Teotihuacan, uma cidade sagrada (distante 50 km do centro da cidade do México) com 34 quilômetros quadrados e uma das mais impressionantes obras do mundo antigo. Foi a primeira grande área urbana no Hemisfério Ocidental, tendo abrigado cerca de 130 mil habitantes. Em Teotihuacan há uma pirâmide com 248 degraus.

Sua riqueza cultural apresenta muitas ruínas da cultura Maia, o que atrai muitos turistas, principalmente historiadores e arqueólogos. Um local muito procurado são as Pirâmides de Teotihuacan, uma cidade sagrada (distante 50 km do centro da cidade do México) com 34 quilômetros quadrados e uma das mais impressionantes obras do mundo antigo. Foi a primeira grande área urbana no Hemisfério Ocidental, tendo abrigado cerca de 130 mil habitantes. Em Teotihuacan há uma pirâmide com 248 degraus.

PRÉDIOS E MONUMENTOS HISTÓRICOS 

De tão grande que é Ciudad de México, em alguns momentos é difícil saber por onde começar a conhecê-la. Como parte do acervo cultural da cidade há inúmeros museus e teatros, destacando-se entre os mais visitados, o ”Museo Nacional de Antropología”, “Museo de Historia Natural”, “Museo de la Comisión Federal de Electricidad”, “Museo de Arte Moderno”, “Museo San Ildefonso”, “Palacio de Bellas Artes” e “Templo Mayor”.  Diversas galerias com exposições de grandes pintores mexicanos, como: Rufino Tamayo, Frida Kahlo, Diego Rivera, José Clemente Orozco, Remedios Varo, José Alfaro Sequeiros, entre outros.

Na foto que nos enviou a leitora Eliane G. Luiz, vê-se o Palácio de Bellas Artes, um dos locais mais procurados pelos visitantes devido à arquitetura ostensiva, que une dois estilos de forma harmoniosa e elegante: o Art Nouveau do seu exterior com o Art Deco do interior.

PONTOS TURÍSTICOS MAIS VISITADOS

Bosque de Chapultepec

O Bosque de Chapultepec é o maior parque da Cidade do México, cobrindo uma extensão de mais de 600 hectares. Dentro do parque, você encontrará museus, lagos, residências presidenciais e até mesmo um zoológico e um parque de diversões. O parque está dividido em três seções: o Paseo de la Reforma, o parque de diversões La Feria e o parque marítimo Atlantis, com espetáculos marinhos e um aquário.

Na primeira zona do parque, visite o Castelo de Chapultepec, construído em 1785 pelos vice-reis espanhóis. Lá você poderá explorar o Museu Nacional de História, com pinturas, murais, cerâmicas, móveis e muitos outros objetos pertencentes a um período que vai da época asteca à atualidade. Além disso, desde o castelo você poderá contemplar uma vista magnífica da cidade.

Se você for viajar com a família, uma boa opção é passar o dia no Parque Zoológico de Chapultepec, um dos mais importantes da América Latina, onde poderá ver de perto mais 200 espécies do mundo inteiro, em um total de 2.000 exemplares. Na segunda seção do parque, poderá ver a Casa Presidencial de los Pinos e o Papalote – Museo del niño, além de um parque de diversões chamado La Feria.

Além disso, enquanto aproveita a beleza natural do Bosque de Chapultepec, poderá visitar museus mexicanos tão famosos como o Museu Nacional de Antropologia ou o Museu de Arte Moderna, assim como dar um relaxante passeio de barco pelo lago maior.

Palácio de Belas Artes

O Palácio de Belas Artes do México é um edifício que alberga em seu interior um importante museu e um famoso teatro. Os abundantes detalhes da fachada dessa majestosa edificação em estilo art  déco, construída para comemorar o centenário da independência do México, a transformam em uma das mais belas construções do país.

O Museu de Belas Artes, situado no segundo e no terceiro andar, exibe uma mostra de artesanato, pinturas e esculturas contemporâneas. O museu acolhe exposições permanentes, entre as quais se destacam 17 murais mexicanos, além de exposições temporárias de arte mexicana e internacional.

Por outro lado, o Palácio de Belas Artes inclui um teatro, onde poderá ver espetáculos de música, dança dramaturgia e ópera. Vale a pena visitar as magníficas instalações do edifício e do teatro, com sua sala de espetáculos em mármore branco.

Embora originariamente o período de construção tivesse sido planejado para ser o mais curto possível, alguns acontecimentos históricos como a Revolução Mexicana fez que o processo se prolongasse por vários anos. A parte externa do edifício e o famoso pano de fundo da Tiffany’s datam da primeira fase da construção.

Após o término da Revolução Mexicana de 1910, as obras foram retomadas, dando início à construção da parte interna do Palácio de Belas Artes, em estilo art nouveau. Não perca a chance de apreciar obras de muralistas mexicanos tão famosos como Diego Rivera, David Alfaro Siqueiros ou Rufino Tamayo.

Centro Histórico – Catedral Zocalo na Cidade do México

O Centro Histórico da Cidade do México foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, sendo o núcleo sobre o qual se ergueu um dia a capital asteca. Ao passear por essas ruas, você poderá ver os restos arqueológicos da civilização que habitou essas terras, além dos belos edifícios construídos durante 300 anos de colonização espanhola.

O ponto mais importante do Centro Histórico é a Plaza de la Constitución, conhecida popularmente como o Zócalo. Trata-se de uma das maiores praças do mundo, sendo o centro da vida religiosa e política da cidade. O Zócalo também é o centro da vida social, com artesãos, atuações espontâneas e muitos transeuntes. Lá você poderá ver diariamente a cerimônia de içamento e arriação da bandeira do México.

Nessa zona você também encontrará a Catedral Metropolitana do México, a maior e mais antiga catedral da América Latina. Caminhando um pouco mais, chegará ao Templo Mayor (ruínas de um templo asteca que foi destruído pelos colonizadores espanhóis) assim como ao Palácio Nacional e ao Museu Nacional de Arte, entre outras construções.

Chichen Itza

Para os amantes do bom tempo e das praias, o México é a porta para o paraíso! Graças às suas praias de areia branca e água cristalina, esse país é um dos destinos turísticos mais populares de todo o Caribe. Mas o México é muito mais do que isso! Lá você também poderá descobrir os restos de civilizações pré-colombianas, maias e astecas, povos que habitaram o país em tempos remotos, ou as grandes construções da época colonial.

A Cidade do México, capital do país, apesar de ter problemas crônicos com a pobreza e com a falta de segurança, merece uma visita pela sua grande riqueza cultural, ostentando edifícios históricos tão importantes como a Catedral Metropolitana, além de universidades tão famosas como a Universidade Nacional Autónoma de México. Nessa cidade você poderá visitar alguns dos museus mais interessantes do país e desfrutar de uma grande oferta gastronômica.

O México costuma atrair visitantes não só por suas praias paradisíacas, mas também pela sua grande oferta de esportes de aventura e por cidades tão importantes como Oaxaca, Puebla, Guadalajara,Veracruz ou Cancun, entre outras. Descubra os tesouros do México por meio de seus monumentos e de seus vários locais declarados como Patrimônio da Humanidade. Aproveite para visitar a cidade pré-colombiana de Teotihuacan ou o Parque Nacional de Palenque, assim como o imponente santuário de baleias conhecido como El Vizcaíno.

A história do México começou há milhares de anos, com civilizações que construíram as maravilhas que você pode visitar hoje, como as pirâmides de Chichen Itzá, a zona arqueológica de Tulum, na Riviera Maya, o famoso jardim botânico de Cosmovitral ou os impressionantes Gigantes de Tula. Por último, não deixe de aproveitar para dar um mergulho no Mar do Caribe, a grande vedete turística do México, com sua água de cor turquesa que atrai milhares de viajantes todos os anos.

Teotihuacan. Pirâmide da Lua

A apenas 50 quilômetros da Cidade do México ergue-se a zona arqueológica de Teotihuacan, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Trata-se de um dos centros cerimoniais mais importantes da América pré-colombiana e surpreenderá você pelo caráter monumental de sua arquitetura.

Teotihuacan é um dos sítios arqueológicos mais visitados do México. Tudo começou em uma avenida central, a partir da qual foram sendo criados vários edifícios de culto, residências e edifícios de ordem civil. Atualmente é possível visitar as pirâmides do Sol e da Lua, o Templo de Quetzalcóatl, o Pátio dos Jaguarese a Cidadela.

Acredita-se que as edificações de Teotihuacan tenham sido construídas por uma civilização agrícola entre 600 e 300 A.C. Calcula-se que chegaram a viver nessa cidade cerca de 200 mil habitantes. Além disso, essa zona foi venerada pelos astecas, os quais a batizaram com o nome de Teotihuacan, que significa “onde os homens se transformam em deuses”.

Hoje em dia, qualquer turista poderá caminhar pelas ruas desta antiga cidade e escalar a pirâmide do Sol ou a da Lua. A visita completa dura quase um dia inteira, por isso, aproveite para comer alguma das especialidades regionais nos povoados vizinhos ou para fazer compras nas lojas de artesanato.

PRAIAS 

Areia dourada, areia branca, rochas, águas cristalinas, transparentes, turquesa, abundante vida marinha, possibilidade de praticar desportos náuticos…estas são algumas das possibilidades que lhe oferecem as praias mexicanas, onde poderá encontrar praias isoladas ou praias rodeadas de hotéis e bares que irão ao seu encontro para atendê-lo justamente na praia.

Puerto Vallarta 

Principalmente acessível no panga (embarcação sem motor que leva passageiro e veículos pelo mar e pelo rio), Yelapa é um pouco do México campestre, sem ter, por perto, nem um hotel tudo incluido, nem um edifício alto.

Um pequeno povo que possui cerca de mil 500 habitantes dá a sensação de estar numa pequena ilha no Pacífico Sul, Yelapa é um refúgio tranquilo para aqueles que estão à procura de um estilo de vida muito informal. Aqui no tem automóveis, apenas possui uma rua pedestre pavimentada e recebeu energia há dez anos. É considerado o lar de muitos antigos hippies, artistas e habitantes locais. Dê um passeio e monte a cavalo em direção à refrescante cascata. Quando for se aproximando, você vai passar pelos Artesãos de Palo de Rosa (Pau de Rosa) de Javier, onde poderá comprar saladeiras, rolos, vasos, palitos chineses e muitas outras coisas fabricadas no Pau de Rosa cultivado na região.

De volta a praia dourada, você pode comprar uma fatia de côco, uma torta de limão ou chocolate, com uma das alegres vendedoras que equilibram sobre suas cabeças seus doces caseiros nos potes de plástico. Ou então, pode degustar mariscos frescos num dos merenderos (restaurantes caseiros, muito pequenos, com pouca infraestrutura) cobertos com palapas e estabelecidos na praia. Também você pode fazer snorkel, nadar, saltar de paraquedas, ou experimentar a aguardente da região chamado de raicilla (bebida alcoólica).

Yelapa oferece o regúgio ideal para todos os que procurarem um relaxamento completo num ambiente muito simples, localizado apenas a 45 minutos, indo de táxi aquático desde Puerto Vallarta. Se tiver a tentação de ficar mais de um dia aqui, você tem sorte. O Hotel Lagunita é um lugar popular para os retiros de yoga e para os recém-casados. Se você tiver vontade de esbanjar seu dinheiro, pode se registrar no hotel Boutique Verana, só para adultos, localizado na parte alta das colinas e acessível para ir a pé ou de burro. É como imaginar um refúgio de cinco estrelas ao estilo Robinson Crusoe.

Los Cabos 

Se você deseja uma caminhada sob a luz da lua ou emoções de alto impacto, você chegou ao melhor lugar. Acessível desde a praia “El Médano” ou do ancoradouro no Cabo San Lucas, O Arco é uma formação rochosa que se transformou na imagem icônica de Los Cabos. Para chegar à Praia do Amor, onde se encontra O Arco, é necessário alugar um táxi aquático, um caiaque ou um jet-ski. No trajeto, as focas e os leões marinhos olharão para você, enquanto descansam sobre as rochas. Caso as águas estejam tranquilas, trazer o equipamento de snorkel é uma opção interessante. Uma caminhada pela Praia do Amor oferece suas horas mais românticas ao amanhecer ou no pôr do sol. Também são os melhores momentos para capturar a imagem de um dos cantos mais fotografados do México.

Perto do centro de San Lucas, Praia Médano é um dos lugares com melhor ambiente e onde você pode fazer jet-ski, dar um passeio no banana boat e sulcar o ar num paraqueda, entre outras experiências emocionantes. Praia El Chileno é de ambiente mais familiar e frequentada todos por aqueles que gostam do snorkel e mergulho. Os surfistas frequentam a praia Costa azul. Para todos aqueles que procurarem um dia tranquilo e privado para arranjar um bronzeado ótimo, encontrarão o lugar ideal na praia Palmilla, que fica numa enseada, protegida por olhares furtivos.

Se seu objetivo é afastar-se das multidões, você poderia ir à praia Solmar, que olha para o oceano Pacífico e está completamente isolada pelas formações rochosas. As Praias “El Tule” e “Las Viudas” são também lugares muito recomendáveis para o relax e para esquecer-se de qualquer tensão.

Cancún

Cancún alberga mais de 22 quilômetros de prístinas praias, desde as que parecem lagoas tranquilas até as que possuem um vivo fluxo de onda. Ainda que Cancún seja muito mais do que praia, não é possível se referir a este destino sem comentar a respeito das suas maravilhosas extensões de areia branca. É possível caminhar ao longo dos seus mais de 22 quilômetros de praia, já que todas elas são abertas ao público. Muitos dos hotéis localizados em frente à praia têm cadeiras colocadas à sombra das palapas (guarda-sóis de palha) para proteger os visitantes dos efeitos do sol. Cancún é rodeado de três corpos de água de superfície sem igual, cada um é bonito ao seu modo.

O mar do Caribe tem o fluxo de onda mais animado, é perfeito para pular as ondas e brincar. A Bahía Mujeres, entre Ilha das Mulheres e Cancún, é tranquila e serena, sem correntes nem águas agitadas, o lugar perfeito para o treino de mergulho de superfície. Finalmente, as águas da lagoa de Nichupté continuam sendo o lugar ideal para o treino de esportes aquáticos de todo tipo, desde esqui até motos aquáticas.

Percorrendo o Boulevard Kukulcán, você encontrará sinais de cor azul e branco que indicam os acessos à praia. As praias de Bahía Mujeres (parte superior do “7”) incluem Praia Tortugas e Praia Caracol, que se assemelham às grandes piscinas: baixas, tranquilas e ideais para as famílias com crianças. Perto de Punta Cancún (entre o Dreams e o Hyatt Regency) esconde-se uma enseada protegida: Praia Gaviota Azul. Indo para o sul encontrou as encantadoras: Praia Chac-Mool, Praia Marlin e Praia Ballenas, amplas praias arenosas de mar aberto (aconselha-se particular precaução), mas com fluxo de onda tranquilo. Em geral, as praias tornam-se mais amplas à medida que avançamos para o sul ao longo do “7”, e eventualmente, chegamos para a adorável Praia Coral em Punta Nizuc.

Cozumel

Encontre uma palapa colorida, pegue o protetor solar e disponha-se a desfrutar das belezas naturais da ilha. México ficou famoso pelas suas bonitas praias, mas não existe nenhuma em todo o território que possua atributos comparáveis à fina e branca areia, a cor turquesa das cristalinas águas de Cozumel. Os hotéis e as praias mais frequentadas da ilha se encontram na costa com vista para Playa del Carmen. O lado oriental se transformou em praias e clubes privados.

Em algumas áreas do lado oriental, bem como Punta Morena, Punta Chiqueros, Praia Bonita e Praia Chen Río, você encontrará menos afluência de turistas do que no lado poente. Em direção ao sul, o ambiente é mais relaxado, quase hippie. Aí você poderá desfrutar de uma cerveja fria, uma boa quesadilla (prato mexicano feito a base de farinha de maíz) de camarões e encontrar uma espreguiçadeira para desfrutar deste paraíso de uma maneira mais relaxada.

Se quiser percorrer os cantos da ilha, o que você acha de alugar um veículo 4×4? Desse modo, será mais fácil chegar a Praia Uvas, Praia Paraíso, Praia Mpia e Dzul Ha, nas quais você pode encontrar restaurantes, bares e aluguéis de equipes para fazer snorkel e explorar os arrecifes que se encontram a poucos quilômetros da praia. Se tiver energia para um longo dia, também poderá encontrar, nesses mesmos lugares, aluguel de caiaques, quadras de futebol e de paddle, aluguel de cavalos para passear na praia, ou se você for mais corajoso, alugar um jet-ski para navegar nas ondas.

Ixtapa Zihuatanejo

Aqui você poderá desfrutar do jet-sky ou kitesurf. Mais tarde, para relaxar os nervos, um passeio à cavalo observando o entardecer, será o melhor colofão para um dia de atividades de praia. Outro modo de desfrutar é realizando um passeio de bicicleta desde a zona hoteleira até a Praia Linda, uma praia estreita próxima da ilha de Ixtapa onde chegam fluxos de ondas grandes. Aqui você poderá visitar uma reserva onde os crocodilos, iguanas, tartarugas e aves encontram um refúgio. Uma linha de palmeiras é a sombra que convida os turistas e moradores a desfrutarem deste bonito canto.

Fiel ao seu nome, Praia Quieta é garantia de uma tranquila experiência. Os nativos conhecem e preferem suas águas mansas, mas outro tem a corajem de entrar no mar para fazer windsurf e snorkel. Em Zihuatanejo, o panorama muda um pouco. Praia Las Gatas possui águas cristalinas que você poderá desfrutar desde uma cabana com teto de palma. O acesso pode ser por meio de uma senda rochosa desde Praia La Ropa ou por meio de uma lancha-táxi. O arrecife artificial que rodeia a praia, além de atuar como barreira contra fortes fluxos de onda, cria condições para o desenvolvimento de coral que, no mediano prazo, se transformará num hábitat para a fauna marinha.

Acapulco

No sul da Bahía de Acapulco, localiza-se a famosa Praia Revolcadero, uma ampla faixa de areia dourada combinada por uma fileira de palmeiras. Vários metros terra adentro, encontra-se uma enorme lagoa tropical ao redor da qual se levantam os hotéis Quinta Real e Mayan Resorts e o campo Três Vidas Golf Course, além de outros condomínios de luxo. Este é um verdadeiro paraíso de praia; quem procurar relaxar, encontrará uma bela paisagem em frente dos seus olhos, e os treinadores de surfe poderão encontrar grandes ondas. Outros hotéis estabelecidos na região são: Fairmont Acapulco Princess, que é um atrativo turístico, e o Fairmont Pierre Marqués. Outro hotel digno de ser visitado é o Mayan Resorts, cujas instalações possuem canais, piscinas e uma atrativa decoração com influências maias.

Entre a Bahía de Acapulco e o aeroporto, localiza-se Puerto Marqués. Durante muitos anos, esta baía passou inadvertida para os responsáveis de projetos imobiliários. Atualmente alberga \o exclusivo Acapulco Diamante Resort e um extenso empreendimento residencial. No entanto, a região conserva seu caráter rústico praiano. Sendo uma baía menor do que a Bahía de Acapulco, Puerto Marqués passa inadvertida em frente a sua avasaladora vizinha. Mas tudo está mudando: o empreendimento Punta Diamante, que abrange a baía e a península adjacente, atrai cada vez mais visitante. Os atrativos de Puerto Marqués alcançam cada vez mais popularidade; maior quantidade de visitantes chega para relaxar nas suas praias e saborear os pratos dos restaurantes estabelecidos na costa.

A espetacular Bahía de Acapulco está rodeada por montanhas. Sua beleza rivaliza com a de outros destinos de renome mundial, bem como Rio de Janeiro e Hong Kong. O Autopista do Sol desce das montanhas para transformar-se na Costera Miguel Alemán, que bordeja as praias da baía de ponta a ponta. Nessa área, localiza-se o coração da zona hoteleira, os resorts de primeiro nível, restaurantes exclusivos, lojas e o melhor da vida noturna. Depois, a Costera concentra-se na renovada área do centro da cidade para perder-se no coração do velho Acapulco.

Mérida

Fuja para a paraia na ensolarada Progreso, um destino ideal para os fins de semana e feriados, muito conhecidos pelos seus pescados e mariscos. Os moradores de Mérida comparecem à cidade portuária de Progreso para passear ao longo da orla marítima e dar um mergulho nas águas cor esmeralda do Golfo do México. O bonito passeio pela orla marítima sempre está cheio de vendedores que oferecem comida e artesanatos aos moradores e pessoas que vão à praia. As águas exatamente em frente à costa são tranquilas, limpas e aptar para nadar.

Progreso é também um destino muito popular para os cruzeiros, e a cidade é famosa pelo ancoradouro se estende ao longo de seis quilômetros em direção ao Golfo do México. Os passageiros dos cruzeiros que chegam a Progreso, muitas vezes, são levados para o ônibus ao longo do encoradouro antes de iniciar as excursões em Progreso, muitas das quais se dirigem ao interior para visitar a cidade de Mérida, as ruínas maias em Uxmal e Chichén Itzá.

Descanse numa das muitas palapas (restaurantes com tetos de palha) que se estendem ao longo da praia para degustar da distintiva cozinha de Yucatan. Os pratos do mar são muito populares e inclui sopa de mariscos, pescado tikin-xic (simples temperado com achiote e forneado em folha de banana) e chivitas (ceviche de caracol de rio).

Indo para Progreso, você poder dar uma parada em Dzibilchaltún, um antigo centro administrativo e cerimonial maia justo ao norte de Mérida, cujo nome significa “lugar da escritura na pedra” devido às inúmeras estelas descobertas no lugar.

O museu do lugar possui uma interessante exposição da civilização maia e exibe artefatos descobertos em Dzibilchaltún, inclui bonecas desenterradas no Templo das Sete Bonecas e artefatos descobertos do fundo do Cenote Xlacah, muitos dos quais, segundo se comenta, possuem um importante significado ritual. Também você pode desfrutar das excursões desde Progreso e em direção às cidades e povos costeiros vizinhos, para ver flamingos e visitar pequenos sítios arqueológicos.

Riviera Nayarit 

O porto de San Blas é um dos ícones turísticos do Pacífico mexicano, graças à abundância de beleza natural, delícias gourmet e importância histórica. San Blas se localiza a quatro horas de carro de Puerto Vallarta. Conhecido pelas suas praias imaculadas, a cidade possui uma população de 10 000 habitantes. Os surfistas consideram-no um ponto importante, mas os visitantes só encontrarão paz e tranquilidade, e talvez alguns restaurantes de mariscos. Os observadores de aves não precisarão procurar mais; San Blas é um paraíso tropical para inúmeras espécies.

Coberto de mangues, estuários, lagoas e praias, este é um dos santuários naturais mais importantes para aves no hemisfério ocidental. De acordo com os estudos realizados pela Audubon Society, San Blas é o lar de 300 espécies de aves, isto o deixa em segundo lugar só atrás do Panamá. A maioria dessas espécies mora em áreas que são acessíveis para os visitantes. Os melhores meses para observá-las são outubro e abril.

Baía de Matanchén, a praia principal, satisfará as demandas dos amantes do surfe, esqui aquático, veleiros e o mergulho, enquanto que a praia “Las Islitas” é o lugar ideal se você quiser relaxar. Outras atrações são as ruínas do Forte San Basilio, fundado em 1530; La Contaduría, construído em 1770; as ruínas do Templo de Nossa Senhora del Rosario, construído em 1769; e a antiga Alfândega Marítima, transformada na Casa da Cultura. Recomenda-se amplamente uma visita a La Tovara, um parque natural com cavernas, uma incubadeira para a conservação e reprodução de crocodilos, e um manancial com água cristalina rodeada por pequenos restaurantes de cozinha regional.

Apenas a um quilômetro e meio, localiza-se Singayta, onde você pode alugar cavalos, bicicletas ou um bote para passar através da floresta e dos mangues. A ilha Isabel se localiza ha 70 quilômetro é de origem vulcânica com escarpados e impressionantes praias, um refúgio para milhares de aves. Mexcaltitán é uma pequena ilha de mangues e terras baixas que foi reconhecida como a legendária Aztlán, o local de nascimento e lar da civilização asteca; é um lar único já que sua pequena área inclui uma seção urbana bem desenvolvida com ruas que se transformam num canal navegável durante a temporada de chuvas, uma praça central, uma igreja e um interessante museu.

Vida Noturna e Baladas 

Depois de estar na praia o dia todo e de tomar a sua sesta, agora é hora de sair e aproveitar a agitada Vida noturna de Cancun. Aqui você encontra um grande número de danceterias, casas noturnas e bares; do mais sofisticado até os funkys com música ao vivo e karaokê ou os hits da moda, tudo depende do seu humor e do seu gosto. Tem concurso de minissaia e biquíni, e também promoções como “Noite de Damas” nas que elas bebem grátis e em algumas ocasiões, até show de “streappers” está incluído. Todo o mundo pode encontrar seu lugar favorito estando de Férias em Cancun. Entre as várias danceterias de Cancun você vai encontrar.

Cocobongo


Coco Bongo fica bem no coração da excitante Zona Hoteleira. Esta é a melhor Balada em Cancun, pois oferece uma extraordinária mistura musical que vai dos ritmos dos 70’s e 80’s, ao Dance, Transe, Hip Hop, e Rave. Prepare-se para ver um verdadeiro show de acrobatas voadores, coreografias, fragmentos de filmes projetados em telões de última geração, música ao vivo, DJ’s, iluminação, efeitos especiais, balões gigantes, bolhinhas de sabão, explosões de confeti e serpentinas e muito mais. Coco Bongo é simplesmente uma das melhores danceterias do mundo.

Señor Frog’

De dia é restaurante e de noite é uma festa só. O Señor Frogs é um dos pontos mais importantes da vida noturna de Cancun. Não se preocupe se você não conheceu uma das 1500 pessoas que cabem neste bar; até o final da noite com certeza você vai conhecer. Com música ao vivo, DJ’s, concursos e karaokê, este bar conta também com um tobogã que vai do interior do bar até a lagoa (não se esqueça de levar sua roupa de praia).

Dady’O

Dady’O é uma das mais populares danceterias em Cancun, bem no centro da zona hoteleira. O tipo principal de música daí é Tecno. Aí costumam ter eventos de noites especiais e concursos. Dady’O é uma danceteria muito popular entre os “spring breakers” e os jovens moradores de Cancun.

The City

The City é adanceteria número 1 do México! Seu impressionante cenário de 3 níveis é uma verdadeira homenagem à tecnologia de ponta e á funcionalidade. A experiência que The City oferece aos seus visitantes inclui uma interminável variedade de surpresas visuais como os efeitos especiais, os espetáculos realizados por acrobatas profissionais e as apresentações a cargo da equipe de animação.

Uma equipe de alta tecnologia em iluminação e som faz da The City, a melhor opção para aqueles que amam adiversão da vida noturna. The City foi o cenário de apresentação de famosos DJ’s como Tiesto e Paul van Dyk, assim como também de famosos raperos como Ludacris, 50 Cent e Fat Joe. The City, Playa Cabana Beach Club e CT Lounge, são definitivamente os melhores lugares para passar seus dias e noites quando estiver em Cancun.

Grand Mambo Café

Essa é uma discoteca com decoração e ambiente caribenho e o melhor da música latina com os sucessos do momento. Tem um conceito inovador que mistura música ao vivo com música de DJ e sempre traz os melhores músicos de Cuba, República Dominicana e Porto Rico, para interpretar as melhores canções da salsa, merengue, bachata, cumba, entre outras.

 Artigos relacionados

Outros destinosGuia da Grã – BretanhaGuarujá – SPFoz do Iguaçu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado