IstoÉ homenageia os Brasileiros do Ano de 2016

Na noite do dia 06/12, a revista IstoÉ homenageou as personalidades brasileiras que mais se destacaram no País ao longo de 2016. O evento, realizado no Citibank Hall, na Zona Sul de São Paulo, contou com a presença de políticos, empresários e artistas.

Esta edição homenageou onze brasileiros nas categorias Brasileiro do Ano, Justiça, Televisão, Esporte, Teatro, Gestão, Política, Moda, Comunicação, Música e Cultura (confira a lista de premiados abaixo).

Caco Alzugaray, presidente–executivo da Editora Três, abriu o evento lembrando os 40 anos da revista IstoÉ, celebrados em 2016. “Esse me parece ser o mais importante Brasileiros do Ano de todos os tempos. Primeiro que nesta edição, a revista símbolo da Editora Três, comemora 40 anos. E com um time dos melhores jornalistas do País, seguimos dando nosso máximo no sentido de contribuir para que esse País seja um lugar mais justo e feliz de se viver.”

Caco também destacou o momento histórico pelo qual passa o Brasil. “Outro grande motivo que me faz crer que esta é a mais importante edição é que estamos vivendo um dos momentos mais importantes da história desse País. Enquanto vivemos a maior crise econômica, estamos vivendo também as dores do parto de uma nova nação. Processo esse que sabemos que está sendo liderado por um dos Brasileiros do Ano, presente neste evento, o juiz Sergio Moro”.

Além de Moro, o presidente Michel Temer também prestigiou o evento, em que recebeu a principal premiação da noite, a de Brasileiro do Ano. “Este prêmio é um incentivo para mim e para o nosso governo num momento de grandes dificuldades para o País”, afirmou. “Nós temos que aproveitar a crise, que, no geral, é mobilizadora dos governos e das pessoas. O Brasil tem potencialidades extraordinárias e tem um povo extraordinário. Embora tenhamos apanhado um País em crise, um País em recessão – vamos sair dela”, disse Temer. “Vamos alcançar o crescimento e o pleno emprego. O prêmio serve de mobilizador e motivador para que nós salvemos o País”

Ovacionado pela plateia no evento, o juiz federal Sergio Moro recebeu a premiação na categoria Justiça e aproveitou o discurso para agradecer a sua mulher, Rosângela. “Gostaria de agradecer esta honra que me foi concedida pela Editora Três. Parabenizo a revista ISTOÉ pelos 40 anos. Realmente é um trabalho fantástico. Um agradecimentos pessoal à minha querida esposa, aqui presente. Sem o apoio dela, este teria sido um ano bem mais difícil”.

Moro também destacou o trabalho do Judiciário e elogiou a atuação do Supremo Tribunal Federal. “Recebo este prêmio não como um reconhecimento pessoal, mas como um reconhecimento de um trabalho institucional, que envolve a primeira instância, as cortes de apelação, o superior tribunal de Justiça e o STF. O cidadão pode confiar na Justiça brasileira essa confiança é essencial. Recebo este prêmio muito humildemente”.

Conheça os Brasileiros do Ano de 2016

MICHEL TEMER – Brasileiro do Ano
Presidente do Brasil
Em 2016, o presidente Michel Temer (PMDB)  recebeu a missão de assumir o comando do País em um momento conturbado política e economicamente.

SÉRGIO MORO – Justiça
Juiz Federal
Atuando na 13ª Vara Federal em Curitiba (PR), o juiz Sérgio Moro, 44 anos, ganhou notoriedade no Brasil e no mundo ao comandar a Operação Lava Jato, a maior investigação da história sobre uma rede de corrupção no País e que levou à prisão, à investigação e ao julgamento de grandes empresários e políticos envolvidos no esquema dentro da Petrobras. Moro já deu sentenças condenando 93 corruptos a penas de quase mil anos de cadeia, tendo aberto até agora 37 ações penais que já tornaram réus 179 pessoas, incluindo o ex-presidente Lula.

Seu trabalho tem lhe rendido o título de ‘herói brasileiro’, que ele rejeita, mas que beira à celebridade, sendo aplaudido aonde vai, seja no mercado, no restaurante ou no cinema.

Apesar dos apelos da população, o juiz não pretende entrar na carreira política, e, por enquanto, o foco está na Lava Jato, que, com quase três anos, ainda deve se estender por um tempo, principalmente após a esperada delação dos executivos da Odebrecht.

GRAZI MASSAFERA – Televisão
Atriz
Em 2016 Grazi se consolidou como um dos principais nomes da TV brasileira ao interpretar uma modelo que acabou entrando no mundo das drogas viciada em crack na novela Verdades Secretas. Por sua excepcional interpretação, Grazi chegou a ser indicada ao Emmy como Melhor Atriz.

ISAQUIAS QUEIROZ – Esporte
Atleta/canoagem
O canoísta baiano de 22 anos se consagrou em 2016 como o maior medalhista olímpico brasileiro ao conquistar três medalhes na Rio2016, sendo duas de prata e uma de bronze, feito inédito não só para um brasileiro como na história dos jogos olímpicos.

ANTONIO FAGUNDES – Teatro
Ator

Sucesso na telinha e no palco. Antônio Fagundes, 67 anos, brilhou na TV em 2016 com o personagem Afrânio de Sá Ribeiro, o coronel Saruê, na novela global “Velho Chico”. Além disso, inovou no teatro com a peça ‘Vermelho’, texto de John Logan sobre a vida do pintor norte-americano Mark Rothko (1903-1970), em que, ao final, leiloava uma obra produzida ao longo do espetáculo. A peça ainda ganhou fama ao não recorrer a patrocinadores ou leis de incentivo à cultura, conseguindo atrair centenas de pessoas à plateia antes mesmo de estrear, pois abriu ao público desde a primeira leitura do texto, ação que, aliada ao leilão das obras, ajudou a subsidiar a montagem.

EDUARDO PAES – Gestão
Prefeito do Rio de Janeiro
Eleito prefeito da cidade do Rio de Janeiro em 2009 e reeleito 2012 o peemedebista coroou suas gestões com o sucesso dos Jogos Olímpicos, realizados no Rio de Janeiro este ano.

JOÃO DORIA – Revelação na Política
Prefeito eleito de São Paulo
Um paulistano que surpreendeu no cenário político nacional ao ser eleito no primeiro turno das eleições municipais em outubro com 53% dos votos válidos, ou mais de 3 milhões de votos. João Doria entra para o mundo político após uma trajetória consolidada no meio empresarial.

LAÍS RIBEIRO – Moda
Modelo
A top piauiense de 25 anos é uma das angels da marca mais famosa de lingerie, Victoria´s Secret, sendo a terceira brasileira a desfilar para a grife.

Este ano, Laís abalou Paris dividindo a passarela com as veteranas Alessandra Ambrosio, Adriana Lima e a diva pop Lady Gaga. Laís, que tinha o sonho de ser enfermeira, hoje tem – e já teve – contratos milionários com as principais grifes do mundo como Gucci, Dior, Dolce&Gabbana e Ralph Lauren. Já foi declarada musa do estilista francês Jean Paul Gaultier.

A Brasileira do Ano na Moda, Laís também é embaixadora mundial do Bottletop, projeto de engajamento social e sustentável para ajudar na renda de mulheres artesãs do Brasil e da África, que produzem peças com anéis de latinhas de alumínio.

RICARDO BOECHAT – Comunicação
Jornalista
Colunista de IstoÉ há 10 anos, âncora do telejornal da TV Bandeirantes e da BandNews FM, Ricardo Boechat, 64 anos, se destacou como uma das principais figuras da comunicação em um ano cheio para o jornalismo.

Sua relevância foi além das fronteiras nacionais. Foi o único jornalista latino-americano a participar do terceiro e último debate entre os candidatos à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton e Donald Trump.

No rádio, tem um dos programas de maior audiência do País. Foi reconhecido pelos próprios colegas da imprensa como o melhor apresentador e âncora de rádio ao ganhar o Prêmio Comunique-se.

Com estilo único de informar, Boechat ganhou espaço também nas redes sociais.  Em tempos de polaridade, sua credibilidade fez de Boechat o único profissional de imprensa seguido nas redes tanto por partidários de Dilma Rousseff como por aqueles a favor do impeachment da presidente, segundo pesquisa do jornal El Pais.

LUDMILLA – Música
Cantora
Com apenas 21 anos, Ludmilla, que começou a carreira como MC Beyoncè,  faz uma média de 20 shows por mês apresentando seu funk que a consagrou como uma das maiores vendedoras de hits do país.

O sucesso se estende às redes sociais. Seu novo clipe, “A Danada Sou Eu”, teve, teve 10 milhões de visualizações em apenas um mês. A jovem também arrasou em sua participação na Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de janeiro.

BENEDITO RUY BARBOSA – Cultura
Autor de novelas
Responsável por clássicos da dramaturgia brasileira, como O Rei do Gado, Benedito Ruy Barbosa emplacou mais um sucesso na TV com a produção “Velho Chico”, sucesso no horário nobre da Globo.

Fonte: http://istoe.com.br/istoe-homenageia-os-brasileiros-do-ano-de-2016/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado