COMPANHIAS AÉREAS PROMETEM WI-FI EM 2013

Serviço de internet no vôo é uma das novidades prometidas por diversas companhias. Internet móvel já não é mais novidade, mas o que ainda surpreende é o fato que nenhuma companhia aérea ainda tem o serviço de Wi-Fi para ser utilizado durante o voo internacional. Pelo menos as promessas não param de crescer.

Grandes e pequenas companhias aéreas já fazem a promessa para o início de 2013, e a mais recente que se juntou a esse crescente time é a Delta Airlines. A companhia vem fechando parceria com a empresa Gogo para disponibilizar o sinal para navegação de internet, enquanto o voo acontece. E pelo que dizem, eles já estão quase prontos.

Como tantas outras companhias, a Delta é a última a entrar no time que disponibilizará o serviço a partir do começo do ano que vem. O Wi-Fi estará disponível em alguns voos internacionais da companhia, incluindo os Boeings 777, 767, 747, 757 e o Airbus A330.

O sinal de Wi-Fi será magicamente transmitido aos aviões, vindo de diversos satélites, e isso completará o serviço que já está disponível nos aeroportos.

A Delta planeja terminar de implantar o sistema até 2015, e quando tudo estiver feito, terá cerca de 1,000 aeronaves equipadas com o serviço de internet Wi-Fi, para navegação de seus clientes durante o voo.

Por enquanto, foi divulgado somente os planos da implementação do serviço, e nem a Delta nem as outras companhias aéreas que vêm planejando disponibilizar o serviço para 2013, divulgaram preços ou outros detalhes da conectividade. Com exceção da mais avançada companhia aérea, a Japan Airlines, que promete que seu serviço terá velocidade similar à dos aeroportos e o preço deve variar por algo em torno de US$11,00 por uma hora ou US$20,00 por 24 horas. Aí sim, é negócio, hein? O serviço tinha previsão para iniciar em algumas rotas, a partir de 15 de julho. Confira a notícia completa sobre o serviço da linha japonesa aqui.

Aqui no Brasil, a TAM já se comprometeu em instalar o serviço em quatro aviões, em voos internacionais para esse segundo semestre de 2012, mas ainda não se pronunciou sobre a utilização do serviço em voos domésticos, como você pode ler aqui.

Tendo em vista os estresses que voos internacionais longos causam, e tendo a Internet como um meio de relaxar, eles poderiam ser bonzinhos e colocar o serviço gratuito, não? Afinal, já temos taxas o bastante para se preocupar em voos internacionais. Doce sonho! Mas está aí mais uma taxa que muitos se disponibilizam a pagar, e você? Pagaria para entrar nas redes sociais, navegar no YouTube, trabalhar durante o voo?

Fonte: A  janela laranja ( http://migre.me/a0W7u)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado